FENOMENOLOGIA DA CURA

Entenda as possíveis reações após a sessão de Microfisioterapia
Pela medicina natural, que envolve a Microfisioterapia, para se alcançar a cura é necessário passar através de crises sucessivas de cura.

 

Em conformidade com a Lei de Hering, a cura acontece da seguinte maneira:

👉 A melhoria e a cura ocorre de dentro para fora.
👉 Sintomas desaparecem de cima para baixo.
👉 O desconforto é de um órgão importante para o menos importante.
👉 Os sintomas desaparecem na ordem inversa que apareceram.

 

Através deste processo construtivo voltado para a saúde, os tecidos doentes e antigos são substituídos por tecido saudável novo. Na crise da cura todos estes estão a trabalhar para o benefício do organismo. Qualquer evento que ocorrer no corpo, seja favorável ou desfavorável, é controlado por leis naturais.

 

A experiência de passar por uma crise de cura é muito semelhante ao estado crítico da doença, uma vez que pode ser preciso re-experimentar os sintomas da doença que aflige o paciente, mas há uma diferença muito importante: a ELIMINAÇÃO. 
Na crise de cura é perfeito esperar a eliminação. Todos os órgãos em sua funções de eliminação estão cumprindo suas tarefas normalmente. Os processos de eliminação de crises de cura são aceleradas por causa da abundância de energia vital recuperada. Todas as secreções e outros detritos acumulados no corpo se dissolverão e fluirão livremente, estabelecendo assim uma limpeza geral e de purificação.

 

Os princípios fundamentais da LEI DE HERING:

1 - "A melhoria e a cura ocorre de dentro para fora do corpo": 
Isto significa que as toxinas acumuladas no nosso interno (órgãos internos) têm de ir para o exterior, para que assim os nossos órgãos internos sejam os primeiros a se curar. Quando a doença passa através da pele ou de órgãos externos, é um sinal de que estamos definitivamente chegando à saúde. Para se conseguir isso, deve-se passar por uma crise de cura desses órgãos internos e interpretá-los, e não abafar os sintomas com remédios químicos.

 

2 - "Os sintomas desaparecem de cima para baixo"
Para chegarmos à saúde, a primeira coisa a curar é o nosso cérebro. Nosso modo de pensar, sentir, agir e as nossas emoções devem fornecer a força motriz para o processo de cura. No sistema nervoso se acumula a energia vital necessária para este processo. Uma mente com pensamentos negativos e destrutivos nunca pode conduzir o processo de reversão para a saúde. Esse retorno para a saúde será realizado em função da vitalidade, da genética e da capacidade individual.

 

3 - "O desconforto é de um órgão importante para o menos importante"
Porque o corpo vai sempre buscar o melhor para a sua sobrevivência, então é essencial que os órgãos mais importantes sejam limpos primeiro, de modo que a crise de cura será posterior em órgãos menos importantes.

 

4 - "Os sintomas desaparecem na ordem inversa que apareceram":
Este princípio é talvez o mais lindo visto na prática clínica. Quando analisados por processos de doença que foram transmitidos através dos anos, observamos doenças agudas para doenças de deposição e, em seguida, passamos a doenças crônicas ou degenerativas.

Bem, ao iniciar o processo de cura começa-se a experimentar de novo os sintomas através da crise de cura. Os mesmos sintomas ou doenças que se desenvolvem acima, mas em ordem inversa. As doenças mais recentes re-emergem em primeiro lugar e, gradualmente, a cura com novas crises chegam até doenças agudas que tínhamos há muitos anos.

Se a doença foi desenvolvida ao longo de muitos anos e atingiu uma fase degenerativa é muito difícil, mesmo com a medicina biológica natural, chegar ao final da cura. Nosso corpo pode não ter vitalidade suficiente para completar o processo de cicatrização. Neste caso, temos que aprender a viver com a dificuldade de compensação e de cura.

 

Créditos:
Editado por Microfisioterapia ABC - Andrea Zuppini

© 2015 - 2018 Dra Marília Ariede.

Última atualização: 19/09/2019

  • Grey Facebook Icon
  • Grey Instagram Icon